Atividades Complementares

prezados alunos do FIAMFAAM Centro Universitário:

Esse blog foi criado pela Profª Helena Degreas e não reflete as opiniões e posicionamentos oficiais das instituições aqui mencionadas.

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO

CAPÍTULO I

DAS FINALIDADES E OBJETIVOS

 

Art. 1º – As Atividades Complementares têm por finalidade enriquecer o processo de ensino-aprendizagem, privilegiando a complementação da formação social e profissional do aluno. Constituem-se como parte integrante do currículo dos cursos de Graduação e diferenciam-se dos demais componentes curriculares pela flexibilidade de carga horária semanal, e da forma de controle do tempo total de dedicação do estudante durante o semestre, de acordo com o Parecer do CNE/CES nº 492/2001.

Parágrafo único – As Atividades Complementares são desenvolvidas dentro do prazo de conclusão do curso (que exige o cumprimento de carga horária para atividades complementares), conforme definido em seu Projeto Pedagógico, sendo componente curricular obrigatório para a graduação do aluno.

Art. 2º As Atividades Complementares dos cursos do FIAM-FAAM Centro Universitário têm por objetivo: a) aprimorar a formação integral dos alunos; b) integrar a teoria com a prática, por meio de vivências e/ou observação de situações reais; c) proporcionar o desenvolvimento de temas emergentes, nas respectivas áreas de conhecimento, decorrentes das mudanças no contexto organizacional, social, econômico e dos avanços tecnológicos; d) propiciar a interdisciplinaridade dos conteúdos que compõem os currículos dos cursos; e) promover a contextualização dos currículos por meio de atividades que contribuam para a formação profissional do aluno.

Parágrafo único – Caberá ao aluno participar de Atividades Complementares que privilegiem a construção de comportamentos sociais, humanos, culturais e profissionais. Tais atividades serão adicionais às demais atividades acadêmicas e deverão contemplar as atividades descritas neste Regulamento.

 

 

CAPÍTULO II

DO LOCAL E DA REALIZAÇÃO

 

Art. 3º – As Atividades Complementares poderão ser desenvolvidas no próprio Complexo Educacional ou em organizações públicas e privadas, que propiciem a complementação da formação do aluno, assegurando o alcance dos objetivos previstos no Artigo 2º deste Regulamento.

Parágrafo único – As Atividades Complementares deverão ser realizadas preferencialmente aos sábados ou no contra turno do aluno, uma vez que a participação não é considerada justificativa, para faltas em outras disciplinas e/ou unidades curriculares.

CAPÍTULO III

DAS ATRIBUIÇÕES

 

SEÇÃO I

DO COORDENADOR DO CURSO

 

Art. 4º – Ao Coordenador do Curso compete:

I. definir, ouvido o Colegiado de Curso, o rol de atividades (livres e obrigatórias) bem como a carga horária considerada para avaliação de Atividades Complementares em consonância com o Projeto Pedagógico do Curso;

II. supervisionar o desenvolvimento das Atividades Complementares;

III. propiciar condições para o processo de avaliação e acompanhamento das Atividades Complementares;

IV. julgar, ouvido o Colegiado de Curso, a avaliação das Atividades Complementares não previstas neste Regulamento.

SEÇÃO II

DO COLEGIADO DO CURSO

 

Art. 5º – Ao Colegiado do Curso compete:

I. propor ao Coordenador do Curso o rol de atividades (livres e obrigatórias) bem como a carga horária considerada para avaliação de Atividades Complementares, em consonância com o Projeto Pedagógico do Curso;

II. propor ao Coordenador do Curso a avaliação das Atividades Complementares não previstas neste Regulamento.

SEÇÃO III

DO ALUNO

Art. 6º – Aos alunos do Complexo Educacional, matriculados nos cursos de Graduação,

compete:

I. informar-se sobre o Regulamento e as atividades oferecidas dentro e/ou fora do Complexo Educacional que propiciem carga horária para as Atividades Complementares;

II. inscrever-se e participar efetivamente das atividades;

III. providenciar a documentação comprobatória, relativa à sua participação efetiva nas atividades realizadas;

IV. entregar a documentação necessária para a avaliação das Atividades Complementares, até a data limite estabelecida no Calendário Acadêmico;

V. arquivar a documentação comprobatória das Atividades Complementares e apresentá-la sempre que solicitada;

Parágrafo único – A documentação a ser apresentada deverá ser devidamente legitimada pela Instituição emitente, contendo carimbo, assinatura, especificação de carga horária, período de execução e descrição da atividade. No caso de documento emitido pelo Complexo Educacional o certificado será digital.

 

CAPÍTULO V

DA AVALIAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

 

Art. 7º– Na avaliação das Atividades Complementares, desenvolvidas pelo aluno, serão considerados:

I. a compatibilidade e a relevância das atividades desenvolvidas, de acordo com o Regulamento, e os objetivos do curso em que o aluno estiver matriculado;

II. o total de horas dedicadas à atividade.

Parágrafo único – Somente será considerada, para efeito de cômputo de carga horária, a participação em atividades desenvolvidas a partir do ingresso do aluno no Curso.

Art. 8º – As Atividades Complementares deverão ser cumpridas nas seguintes categorias:

a)    Atividades livres: compreendem 40% do total da carga horária destinada às Atividades Complementares, registrada no Projeto Pedagógico do Curso, sugeridas pelo colegiado do curso e a critério do aluno.

 

b)   Atividades obrigatórias: compreendem 60% do total da carga horária destinada às Atividades Complementares, registrada no Projeto Pedagógico do Curso, sugeridas pelo colegiado do curso em cursos oferecidos em:

A1. Cursos de ensino a distância (EAD) do ambiente da instituição;

A2. Visitas técnicas monitoradas;

A3. Pesquisa Teórica ou Empírica ou Iniciação Científica;

A4. Evento acadêmico-científico;

A5. Eventos acadêmicos da instituição;

A6. Simulados (com aproveitamento).

c)    

Parágrafo único – cada curso terá liberdade de estabelecer as atividades livres e as obrigatórias salva guardadas as atividades ressaltadas no item b do Art. 8º deste regulamento.

CAPÍTULO  VI

DA AVALIAÇÃO DO ALUNO

 

Art. 9º– Será considerado aprovado o aluno que, na avaliação, comprovar a carga horária prevista no Projeto Pedagógico do Curso em que está matriculado.

Parágrafo único – Para fins de registro acadêmico constará no histórico escolar do aluno apenas o conceito “cumpriu” ou “não cumpriu” em Atividades Complementares.

 

CAPÍTULO VII

 

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

 

Art. 10º – Os casos omissos neste Regulamento serão tratados pela Coordenação do Curso, por meio da análise de requerimento protocolado na Secretaria Geral.

 

Atividades livres

 

 

Descrição da atividade

 

Carga horária máxima reconhecida por evento

 

Quantidade limite

de eventos

 

Tipo

Cursos presenciais ou de ensino a distância (EAD) externos ao ambiente da instituição

10h

Não há limite

Ensino

Estágio extracurricular 

60h

1

Ensino

Visitas Técnicas (aeroportos, portos, empresas, fábricas, bolsas de valores e mercadorias, feiras, exposições, mostras e assemelhados)

10h

Não há limite

Ensino

Palestras técnicas e cursos, no ambiente acadêmico ou empresarial, inclusive na empresa onde o aluno exerce atividades.

2h

Não há limite

Extensão

 Cursos de Línguas estrangeira

10h por módulo

Válido somente para um idioma, com um mínimo de 50h por módulo.

Extensão

Cursos de Extensão internos ou externos

30 horas

Não há limite

Extensão

Programas de Intercâmbio (exterior) aprovados previamente pela Coordenação.

100 horas

1

Extensão

Eventos Científicos, participação em congressos, encontros, seminários, workshops, simpósios realizados exclusivamente em ambiente acadêmico.

15h

Não há limite Pesquisa
Participar em eventos científicos como autor ou coautor com docente.

15h

Não há limite Pesquisa
Participar em eventos científicos como ouvinte.

5h

Não há limite Pesquisa
Curso ou atividade que trate de metodologia inclusiva

10h por módulo

Não há limite

Extensão

Participar de Jornada de Iniciação Científica em outra Instituição

10h

Não há limite

Pesquisa

Participar de evento acadêmico de outro curso na Instituição

5h

Não há limite

Extensão

 

 

 

Descrição da atividade

 

Carga horária máxima reconhecida por evento

 

Quantidade limite

de eventos

 

Tipo

Cursos de ensino a distância (EAD) do ambiente da instituição

10h

6

Ensino

Visitas Técnicas monitoradas integrantes da proposta pedagógica do curso.

10h

Não há limite

Ensino

Iniciação Científica (fomentada por órgãos tais como: PIBIC – Institucional;FAPESP, CAPES, fundações, empresas, associações, instituições assemelhadas e voluntária, desde que supervisionada por professor designado. 

20h

Não há limite

Pesquisa

ou

 

Elaborar Projeto de pesquisa

 

 

10h

Não há limite

Pesquisa

Participar de Jornada de Iniciação Científica em outra Instituição como ouvinte 

05h

Não há limite

Pesquisa

Participar de evento acadêmico em outro curso

05h

Não há limite

Pesquisa

Eventos acadêmicos do curso

10h

Não há limite

Extensão

Simulados (com aproveitamento)

10h

Não há limite

 Ensino

Participar de Jornada de Iniciação Científica Institucional

10h

Não há limite

Pesquisa

Atividades obrigatórias

 

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s